quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

POLÍCIA PRENDE TERCEIRO SUSPEITO DE MATAR MOTORISTA DE APLICATIVO EM MOSSORÓ


Policiais civis prenderam Antônio Lucas Lobo Maia, apontado como o terceiro suspeito de envolvimento no crime de latrocínio que vitimou o motorista de aplicativo e ex-cargo de confiança do ex-prefeito Túlio Lemos, Carlos Reginaldo Holanda Nogueira Júnior, conhecido como "Espanta", no dia 21 de janeiro, em Mossoró. 

O suspeito foi detido na cidade de Fortaleza, no Estado do Ceará e a ação foi conduzida por policiais da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), em conjunto com a Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) e a Coordenadoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Ceará – COTAM-PM/CE. 

De acordo com a PCRN, as investigações indicaram que Antônio Lucas estaria escondido na casa de sua namorada. As equipes então se deslocaram ao endereço e constataram a veracidade da informação. Inicialmente, os policiais encontraram a namorada de Antônio Lucas e, após desdobramentos, foi possível localizar o suspeito na cidade de Fortaleza.

Antônio Lucas foi preso e conduzido à cidade de Mossoró, onde foi ouvido pelo delegado. Em seguida foi encaminhado ao sistema prisional e ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima por meio do Disque Denúncia 181.

No último dia Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), em conjunto com a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró, prenderam dois suspeitos do crime de latrocínio que vitimou o motorista de aplicativo e ex-candidato a vereador Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como "Espanta", na quinta-feira (21).

Durante a operação, os policiais prenderam no bairro Abolição, na cidade de Mossoró, Vandercleiton Leandro de Lira, 24 anos, e Marcos Vinícios Silva dos Santos, 22 anos. No momento da abordagem, os policiais encontraram com Vandercleiton Leandro o celular da vítima. Na residência de Marcos Vinícios, foram apreendidos uma arma de fogo, que possivelmente tenha sido usada no crime, e porções de drogas. Já o veículo da vítima foi localizado pelos policiais próximo à casa de um dos suspeitos. 

No dia 22 de janeiro, policiais civis da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), em conjunto com a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró, já tinham prendido dois suspeitos do crime de latrocínio. Durante a operação, foram presos Vandercleiton Leandro de Lira, 24 anos, e Marcos Vinícios Silva dos Santos, 22 anos.

O caso

O motorista de aplicativo ex-cargo de confiança do ex-prefeito Túlio Lemos e ex-candidato a vereador Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como “Espanta”, de 31 anos, foi morto a tiros na noite de quinta-feira, dia 21 de janeiro, em Mossoró. O carro da vítima foi levado pelos criminosos. 

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22h, populares entraram em contato com o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) informando que ouviram tiros na comunidade conhecida como Favela do Fio. Uma viatura foi até o local e encontrou o corpo de Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior caído no chão com marcas de tiros.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ao chegar no local foi constatado que o motorista já estava morto. A PM realizou buscas, mas o carro que Carlos dirigia, um prisma branco, não foi localizado.

Carlos foi candidato a vereador em Mossoró pelo partido PSDB nas últimas eleições e obteve 142 votos. De acordo com a Polícia Militar, ele não possuía antecedentes criminais.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário