quarta-feira, 21 de abril de 2021

Suspensa pela segunda vez em Natal, aplicação da vacina Coronavac não tem data para retorno


A Secretaria de Saúde de Natal (SMS) suspendeu nesta segunda-feira 19 a vacinação da segunda dose da Coronavac, vacina contra Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Butantan. A semana na capital começou com apenas 920 do imunizante – que acabaram ainda nas primeiras horas da manhã. Segundo a pasta, isso ocorreu porque foram ministradas todas as doses repassadas ao Município.

 Em comunicado enviado à imprensa, a secretaria pontua que as doses repassadas pelo Governo do Estado, e que estavam disponíveis para esta etapa da campanha, esgotaram-se já no início do atendimento nesta segunda. Em função disso, a SMS Natal enviou um ofício para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesap/RN), solicitando novo repasse. De acordo com a secretaria, assim que for atendida essa solicitação é feito o repasse de novas doses, a vacinação para a segunda dose será retomada imediatamente. 

A SMS já havia suspendido a aplicação da Coronavac em Natal na última segunda-feira 12 por falta de doses. Por outro lado, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esclarece que orientou todos os municípios do Rio Grande do Norte, seguindo o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, sobre o que classificou de “uso adequado das doses da vacina contra a Covid-19 para a sua finalidade de públicos, faixas de idade e critérios de imunização”. 

A pasta estadual argumenta que a cada remessa, o Ministério da Saúde orienta quais públicos devem ser atendidos com as doses, o que é, conforme o posicionamento do órgão, repassado pela Sesap aos municípios, apontando uma quantidade estimada para evitar a falta de imunizantes. Em comunicado, a Sesap revela que a coordenação de Imunização também alertou e recomendou que fossem respeitados os prazos entre as doses 1 e 2 e o prazo máximo estabelecido para a dose 2, “com vista de buscar uma maior eficácia da vacinação”. O texto esclarece, ainda, que “em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que engloba gestores estaduais e municipais, ocorrida no dia 30 de março, foi pactuado que os municípios não podem, por conta própria, resolver quais públicos incluir na vacinação, sem respeitar o Plano de Operacionalização para a Vacinação contra Covid-19 do Rio Grande do Norte. 

Na sexta-feira 16, o estado potiguar recebeu 89,4 mil doses de vacinas contra Covid-19, entre imunizantes CoronaVac/Butantan e Oxford/Fiocruz. Desse total, a SMS-Natal recebeu 10.560 doses da Coronavac para ser utilizada como segunda dose e aplicou mais de 9.000 delas durante o fim de semana, segundo a secretaria municipal. A vacinação de primeira dose para idosos a partir de 63 anos está disponível e segue sendo feita normalmente, com imunizante da Oxford/Fiocruz, bem como a aplicação da segunda dose desse imunizante. Pandemia no RN O Rio Grande do Norte registrou 20 mortes por Covid-19 e 755 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas, segundo dados prévios atualizados pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap). 

O estado potiguar soma 213.447 pessoas contaminadas pela Covid-19. Dos 20 óbitos registrados de ontem para hoje, 12 ocorreram nas últimas 24 horas, em 11 municípios. Natal (2), Mossoró (2), Macaíba(01), São Gonçalo do Amarante(01), Caicó(01), Assú (1), Acari (1), Caraúbas(01), São Paulo do Potengi(01) e Portalegre(01). O total é de 5.126 por Covid-19 no estado. Os dados revelam que há 1.025 mortes suspeitas. 

Quanto à notificação dos casos, 52.689 são considerados suspeitos e 435.589 não confirmaram o diagnóstico positivo para o novo coronavírus. Recuperados são 150.649.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário