terça-feira, 23 de novembro de 2021

Irônico, Bolsonaro manda recado à Globo sobre a concessão: “Se não estiver tudo certo, não renovo”


Na noite de segunda-feira (22), ao parar no cercadinho diante do Palácio da Alvorada para conversar com apoiadores, Jair Bolsonaro foi questionado por um homem. “E a Globo, sai ou não sai (do ar)?”
Globo tem um encontro comigo no ano que vem, né?”, respondeu o presidente. “Encontro com a verdade, não vou perseguir ninguém. Mas tem que estar com as certidões negativas em dia, um montão de coisas aí.”

No último dia 15, o portal Diário do Centro do Mundo postou matéria dizendo que Jair Bolsonaro “vai barrar nova concessão da Globo em 2022”. De acordo com o veículo de viés esquerdista, a informação foi passada por um parlamentar da tropa de choque do presidente. Caso Bolsonaro não renove a concessão, ele precisará convencer dois quintos da Câmara (206 deputados) e a mesma fração no Senado (33 senadores) a aprovar e ratificar sua decisão. Caberia à Globo judicializar a questão para se manter no ar por meio de uma liminar e tentar reverter a cassação.

Em um ano eleitoral, com os parlamentares focados em interesses pessoais e partidários, seria difícil Jair Bolsonaro conseguir apoio suficiente nas duas casas legislativas para atacar seu pior inimigo na grande mídia. Mas aqui é o Brasil, tudo pode acontecer, ‘taokey’?

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário