quarta-feira, 15 de junho de 2022

Cantor e compositor Gilson, macauense que conquistou o Brasil e o mundo através da música



O cantor e compositor brasileiro, se tornou conhecido em 1979, após o lançamento “Casinha Branca”, o sucesso que esteve até em trilha sonora da novela Marrom Glacê, e permaneceu nas paradas de sucesso durante um ano .

Ao citar sua trajetória musical, ele conta a felicidade que foi prestigiar sua música sendo reproduzida em outros países. O cantor, compositor e baterista inglês Jim Capaldi foi dos admiradores da música, que por meio de cover adaptou a canção para o inglês em "Old Photografe".

Sobre a versão em inglês o cantor diz. “Ele me pediu autorização para gravar a música, e autorizei, foi um prazer ver todos cantando casinha branca em outros países”. Gilson, ainda teve outros sucessos, como “Andorinha”, “Chuva”, “A Mesma Porta” e “Não Diga Nada”.

Em Macau, Gilson residiu na rua Pereira Carneiro. Ficou até os 4 anos de idade, depois foi para Natal, de onde saiu aos 14 anos para ir morar no Rio de Janeiro. Mas entre os 13 e 14 anos, o cantor deu seus primeiros passos na música através da banda Sempre Alerta.

“Casinha Branca” foi regravada mais de 100 vezes, ganhou a voz de intérpretes consagrados e continua a ser redescoberta, entoando trilhas de novelas recentes, como “Malhação” (2017-2018), na versão da jovem Roberta Campos, “Êta Mundo Bom” (2016), com Maria Bethânia, e na novela infantil “Cúmplices de um Resgate” (2015-2016).
Compositor da música ao lado de Joran, e de muitos outros sucessos, como “Verdade Chinesa” (Emílio Santiago), “Fim de Solidão” (José Augusto), “I Love You” (Adriana).

 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário