quinta-feira, 25 de março de 2021

Recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros, motoristas de ambulância e outros serão vacinados no RN


A Coordenação de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte se reuniu com o Ministério Público Estadual, Federal, Municipal e com o Ministério Público do Trabalho para tratar a respeito da nota técnica número 05, que definiu os critérios para vacinação dos profissionais de saúde no Estado. Assim, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde, neste momento serão considerados para fins de vacinação: Indivíduos que estejam trabalhando em serviços e sistemas de saúde, como estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde; que atuam em estabelecimentos de serviços de saúde como: hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias e drogarias. Estão entre os profissionais, os representados em 14 categorias, conforme resolução do Conselho Nacional de Saúde: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares. 

A nota destaca ainda que estão inseridos os agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio como: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulância, gestores e outros. A vacinação alcança também os profissionais que atuam em cuidados domiciliares (exemplos: programas ou serviços de atendimento domiciliar, cuidadores de idosos, doulas ou parteiras), funcionários do sistema funerário, Instituto Médico Legal (lML) e Serviço de Verificação de Óbito (SVO) que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados. 

Estão inclusos também: acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Serão vacinados também os trabalhadores que atuam nos estabelecimentos de serviços de interesse à saúde das instituições de longa permanência para idosos (ILPI), casas de apoio e cemitérios. É importante ressaltar que devem ser vacinados os Profissionais de Saúde que estejam em atividade em estabelecimentos de assistência, vigilância à saúde, regulação e gestão à saúde; Qualquer situação que não se enquadre nesse conceito não estará contemplado como público alvo desta etapa de vacinação. 

Não estão contemplados para vacinação Os trabalhadores dos demais estabelecimentos de serviços de interesse à saúde, exemplos: academias de ginástica, clubes, salão de beleza, clínica de estética, óticas, estúdios de tatuagem e estabelecimentos de saúde animal), não serão contemplados nos grupos prioritários.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário