segunda-feira, 6 de junho de 2022

Brasileirão: Flamengo vê Arão falhar e Pedro perder pênalti, é derrotado pelo Fortaleza em Maracanã lotado e segue fora do G-4



O Flamengo voltou a tropeçar pelo Campeonato Brasileiro neste domingo (5). No Maracanã, em compromisso válido pela 9ª rodada, o Rubro-Negro recebeu o lanterna da competição, Fortaleza, e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, os cariocas desperdiçaram chance de voltar ao G-4 da competição, enquanto o Leão do Pici venceu a primeira na competição.

O primeiro tempo foi movimentado no Maracanã. Logo com 5 minutos de bola rolando, Robson carimbou a trave e deu um susto na torcida rubro-negra presente no Maracanã após ficar cara a cara com o goleiro Hugo.

A resposta do Flamengo veio aos 13 minutos. Marcelo Boeck se chocou com jogador do Fortaleza na área, Bruno Henrique recuperou a bola e tocou rasteiro para Everton Ribeiro, que mandou por cima do gol e perdeu chance claríssima com a meta livre.

Aos 23 minutos, o Leão do Pici voltou a assustar. Yago Pikachu lançou Romarinho no ataque, mas o atacante finalizou na rede, pelo lado de fora, em mais uma chance de gol perdida perdida pelos visitantes.

Arão falha, Fortaleza abre o placar, Flamengo busca empate, mas leva 2° gol

Navigation ToggleESPN
Brasileirão: Flamengo vê Arão falhar e Pedro perder pênalti, é derrotado pelo Fortaleza em Maracanã lotado e segue fora do G-4
ESPN.COM.BR
16:58 BTLeitura: 4 min.
No Maracanã, o Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, pela 9ª rodada
O Flamengo voltou a tropeçar pelo Campeonato Brasileiro neste domingo (5). No Maracanã, em compromisso válido pela 9ª rodada, o Rubro-Negro recebeu o lanterna da competição, Fortaleza, e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, os cariocas desperdiçaram chance de voltar ao G-4 da competição, enquanto o Leão do Pici venceu a primeira na competição.


O primeiro tempo foi movimentado no Maracanã. Logo com 5 minutos de bola rolando, Robson carimbou a trave e deu um susto na torcida rubro-negra presente no Maracanã após ficar cara a cara com o goleiro Hugo.

A resposta do Flamengo veio aos 13 minutos. Marcelo Boeck se chocou com jogador do Fortaleza na área, Bruno Henrique recuperou a bola e tocou rasteiro para Everton Ribeiro, que mandou por cima do gol e perdeu chance claríssima com a meta livre.

Aos 23 minutos, o Leão do Pici voltou a assustar. Yago Pikachu lançou Romarinho no ataque, mas o atacante finalizou na rede, pelo lado de fora, em mais uma chance de gol perdida perdida pelos visitantes.

Arão falha, Fortaleza abre o placar, Flamengo busca empate, mas leva 2° gol
Depois de exercer mais pressão do que o Flamengo no primeiro tempo, o time tricolor enfim abriu o placar no Mário Filho. Aos 28 minutos, Willian Arão errou passe na defesa e deu bola de bandeja nos pés de Jussa, que tocou para Robson, que deu um toque por cima de Hugo e fez o 1 a 0.

Apesar de ter saído atrás no placar, o clube carioca achou um gol no fim da primeira etapa, após a pressão exercida pelo Fortaleza. Já nos acréscimos, aos 50 minutos, Everton Ribeiro chegou pela esquerda e tocou para Ayrton Lucas na lateral do campo. O camisa 7 recebeu de volta e bateu de primeira, rasteiro, para fazer o 1 a 1.

Na volta do intervalo, o técnico Paulo Sousa fez muitas mudanças no time. Saíram Pablo, Willian Arão e João Gomes para as entradas de David Luiz, Thiago Maia e Vitinho, respectivamente.

E logo aos 3 minutos da etapa final, o Flamengo teve chance de virar o placar, mas desperdiçou. O árbitro Leandro Vuaden, depois de consultar o monitor do VAR, assinalou pênalti de Marcelo Benevenuto em cima de Pedro, após toque do zagueiro no atacante dentro da área.

Pedro assumiu a responsabilidade, bateu rasteiro no lado esquerdo, mas acertou a trave. Que oportunidade perdida pelo camisa 21.

E apesar de o Flamengo ter começado melhor o segundo tempo, tendo a bola do jogo, o Fortaleza seguiu fazendo pressão.

Aos 25 minutos, em contra-ataque, Hércules aproveitou cruzamento na área e cabeceou em direção ao gol, com Hugo já 'vendido', mas quem salvou foi Ayrton Lucas, que tirou de cabeça, quase em cima da linha.

E foi nos acréscimos, mais precisamente aos 47 minutos, que Hércules fez o segundo para o Fortaleza, que somou a sua primeira vitória no Brasileirão.

No fim da partida, a torcida do Flamengo se irritou com o técnico Paulo Sousa, que foi xingado em coro no Maracanã pelos mais de 60 mil torcedores presentes.

Situação do campeonato

Com a derrota, o Flamengo segue com 12 pontos, ocupa o 10° lugar e ainda fora do G-4, agora a dois pontos do Coritiba, que é o 4° colocado. Os cariocas só ficaram entre os quatro primeiros da tabela na segunda rodada.

Já o Fortaleza, venceu a primeira no Brasileirão e foi a 5 pontos somados, mas segue na lanterna do Brasileirão, a 5 do Juventude, primeiro clube fora do Z-4.

Foi mal: Willian Arão
O volante do Flamengo não teve uma boa tarde no Rio de Janeiro.

Pela quarta vez na temporada 2022, Arão cometeu um erro que foi decisivo para o Rubro-Negro sofrer um gol.

E foi assim no Maracanã. Após errar um passe, o meio-campista deu 'assistência' para o Fortaleza abrir o placar.

No intervalo, Arão foi sacado do time por Paulo Sousa.

Rubro-Negro com desfalques de peso
Para a partida, o Flamengo teve ausências importantes. Os cariocas não puderam contar com Gabigol, suspenso, além de Arrascaeta, que está servindo a seleção do Uruguai. Rodinei, expulso no Fla-Flu, também foi desfalque para o técnico Paulo Sousa.

Navigation ToggleESPN
Brasileirão: Flamengo vê Arão falhar e Pedro perder pênalti, é derrotado pelo Fortaleza em Maracanã lotado e segue fora do G-4
ESPN.COM.BR
16:58 BTLeitura: 4 min.
No Maracanã, o Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, pela 9ª rodada
O Flamengo voltou a tropeçar pelo Campeonato Brasileiro neste domingo (5). No Maracanã, em compromisso válido pela 9ª rodada, o Rubro-Negro recebeu o lanterna da competição, Fortaleza, e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, os cariocas desperdiçaram chance de voltar ao G-4 da competição, enquanto o Leão do Pici venceu a primeira na competição.


O primeiro tempo foi movimentado no Maracanã. Logo com 5 minutos de bola rolando, Robson carimbou a trave e deu um susto na torcida rubro-negra presente no Maracanã após ficar cara a cara com o goleiro Hugo.

A resposta do Flamengo veio aos 13 minutos. Marcelo Boeck se chocou com jogador do Fortaleza na área, Bruno Henrique recuperou a bola e tocou rasteiro para Everton Ribeiro, que mandou por cima do gol e perdeu chance claríssima com a meta livre.

Aos 23 minutos, o Leão do Pici voltou a assustar. Yago Pikachu lançou Romarinho no ataque, mas o atacante finalizou na rede, pelo lado de fora, em mais uma chance de gol perdida perdida pelos visitantes.

Arão falha, Fortaleza abre o placar, Flamengo busca empate, mas leva 2° gol
Depois de exercer mais pressão do que o Flamengo no primeiro tempo, o time tricolor enfim abriu o placar no Mário Filho. Aos 28 minutos, Willian Arão errou passe na defesa e deu bola de bandeja nos pés de Jussa, que tocou para Robson, que deu um toque por cima de Hugo e fez o 1 a 0.

Apesar de ter saído atrás no placar, o clube carioca achou um gol no fim da primeira etapa, após a pressão exercida pelo Fortaleza. Já nos acréscimos, aos 50 minutos, Everton Ribeiro chegou pela esquerda e tocou para Ayrton Lucas na lateral do campo. O camisa 7 recebeu de volta e bateu de primeira, rasteiro, para fazer o 1 a 1.

Na volta do intervalo, o técnico Paulo Sousa fez muitas mudanças no time. Saíram Pablo, Willian Arão e João Gomes para as entradas de David Luiz, Thiago Maia e Vitinho, respectivamente.

E logo aos 3 minutos da etapa final, o Flamengo teve chance de virar o placar, mas desperdiçou. O árbitro Leandro Vuaden, depois de consultar o monitor do VAR, assinalou pênalti de Marcelo Benevenuto em cima de Pedro, após toque do zagueiro no atacante dentro da área.

Pedro assumiu a responsabilidade, bateu rasteiro no lado esquerdo, mas acertou a trave. Que oportunidade perdida pelo camisa 21.

E apesar de o Flamengo ter começado melhor o segundo tempo, tendo a bola do jogo, o Fortaleza seguiu fazendo pressão.

Aos 25 minutos, em contra-ataque, Hércules aproveitou cruzamento na área e cabeceou em direção ao gol, com Hugo já 'vendido', mas quem salvou foi Ayrton Lucas, que tirou de cabeça, quase em cima da linha.

E foi nos acréscimos, mais precisamente aos 47 minutos, que Hércules fez o segundo para o Fortaleza, que somou a sua primeira vitória no Brasileirão.

No fim da partida, a torcida do Flamengo se irritou com o técnico Paulo Sousa, que foi xingado em coro no Maracanã pelos mais de 60 mil torcedores presentes.

Situação do campeonato
Com a derrota, o Flamengo segue com 12 pontos, ocupa o 10° lugar e ainda fora do G-4, agora a dois pontos do Coritiba, que é o 4° colocado. Os cariocas só ficaram entre os quatro primeiros da tabela na segunda rodada.

Já o Fortaleza, venceu a primeira no Brasileirão e foi a 5 pontos somados, mas segue na lanterna do Brasileirão, a 5 do Juventude, primeiro clube fora do Z-4.

Foi mal: Willian Arão
O volante do Flamengo não teve uma boa tarde no Rio de Janeiro.

Pela quarta vez na temporada 2022, Arão cometeu um erro que foi decisivo para o Rubro-Negro sofrer um gol.

E foi assim no Maracanã. Após errar um passe, o meio-campista deu 'assistência' para o Fortaleza abrir o placar.

No intervalo, Arão foi sacado do time por Paulo Sousa.

Rubro-Negro com desfalques de peso
Para a partida, o Flamengo teve ausências importantes. Os cariocas não puderam contar com Gabigol, suspenso, além de Arrascaeta, que está servindo a seleção do Uruguai. Rodinei, expulso no Fla-Flu, também foi desfalque para o técnico Paulo Sousa.

Além disso, o Fla segue com alguns jogadores no DM, como o goleiro Santos, os zagueiros Fabrício Bruno e Gustavo Henrique, além do atacante Matheus França.

Ingressos esgotados no Maracanã
Todos os ingressos colocados à venda para a torcida rubro-negra na partida foram vendidos. Somente os tickets disponibilizados para os torcedores do Fortaleza não foram totalmente negociados. No total, foram 63 mil presentes no estádio para a partida.

Próximos jogos
O Rubro-Negro volta a campo, pela 10ª rodada do Brasileirão, na próxima quarta-feira (8), a partir das 20h30, para partida fora de casa contra o Red Bull Bragantino. Já na quinta (9), é a vez do Fortaleza voltar a campo, a partir das 20h, para compromisso contra o Goiás, na Arena Castelão.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário