quarta-feira, 15 de junho de 2022

Suspeito de armazenar e compartilhar imagens de abuso infantil é preso em Mossoró



Na manhã desta terça-feira 14, foi cumprida uma ordem judicial pela Polícia Federal, visando o combate de crimes de armazenamento e compartilhamento de imagens e vídeos que contém abuso e exploração sexual infantil. A ordem foi expedida pela 3ª Vara Criminal de Mossoró.

No celular do investigado, foram encontrados arquivos com várias cenas de violência sexual contra crianças. O suspeito foi preso em flagrante, pelo crime previsto no Art.241-B (Adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de exploração sexual infantil envolvendo criança ou adolescente: Pena – reclusão de 1 a 4 anos, e multa) do Estatuto da Criança e do Adolescente.

O suspeito foi levado para a Delegacia da Polícia Federal, localizada no bairro Nova Betânia e, em seguida, para a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, em Mossoró, onde aguardará o posicionamento da Justiça.

Agora, o material que foi apreendido irá passar por análise, na tentativa de descobrir se o suspeito também compartilhava os arquivos na internet. Caso isso seja provado, ele também vai responder pelos crimes presentes artigos 241-A do ECA e 217-A do Código Penal.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário