terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

DENÚNCIA: USUÁRIOS RECLAMAM DE REDUÇÃO DE ALIMENTAÇÃO NO RESTAURANTE POPULAR


O Programa Restaurante Popular, uma das principais ações sociais do Governo do Estado, que fornece refeições com preço subsidiado a R$ 1,00, e que nos últimos anos estava em expansão, vem passando atualmente por um processo de desmonte.

A distribuição das fichas que dão acesso às refeições no Restaurante Popular começa às 10h. O local, que é voltado para o público carente, conta com uma equipe de nutrição e serve diversas refeições completas por dia, acompanhadas de suco e sobremesa. No entanto, as fichas estão esgotando mais rápido e quem costumava chegar ao local ao meio dia para almoçar agora encontra os portões fechados.

De acordo com o auxiliar de serviços gerais, Maria José, a diminuição no número de fichas a pegou de surpresa. “Estou surpresa porque sempre almoço aqui e agora não há mais fichas. Antigamente tinha senha até 14h”, diz.

A aposentada Josefa Silva conta que só conseguiu almoçar hoje porque chegou mais cedo, porém, ontem nao chegou a tempo de pegar ficha e acabou ficando sem a refeição. “Hoje às 9h eu já estava aqui na fila, em pé, mas eu peguei”, disse.

Segundo informações repassadas ao Blog do Locutor Leão, por pessoas ligadas a Secretaria de Trabalho e Assistência Social (SETHAS), que administra o Programa, várias unidades dos Restaurantes Populares tiveram reduções de até 40% no número de refeições servidas à população, o que tem sido objeto de reclamação dos usuários, pois a esmagadora maioria dos que se utilizam do serviço não tem condições de se alimentar de forma digna em outro local.

É bom a governadora Fátima Bezerra prestar atenção no que vem acontecendo e se certificar, pois essa redução drástica gera consequência na ponta da linha de quem precisa diariamente do Restaurante Popular.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário